Skip to content

Cartão Bom especial sem erro – Faça o seu!





O Cartão BOM Especial garante aos portadores de deficiência a possibilidade de acessibilidade a toda cidade de São Paulo e a sua Região Metropolitana.

O Cartão BOM Especial atende aos portadores de deficiência, para que o seu direito de ir e vir a qualquer lugar com acessibilidade seja assegurado, sem que ocorra a cobrança das tarifas para o deslocamento em transportes públicos.

Para isso, o Cartão BOM Especial atende os seguintes portadores de deficiência:

  • Portadores de deficiência visual;
  • Portadores de deficiência mental
  • Portadores de deficiência múltipla;
  • Portadores de deficiência auditiva (mas somente em casos de deficiência profunda ou severa. Também estão inclusos os alunos matriculados em escolas especiais para deficientes auditivos).

O Cartão BOM Especial também é concedido para pessoas com doenças orgânicas incapacitantes. Esses problemas podem ser causados, por exemplo, pelo vírus HIV, doenças oportunistas e neoplasias malignas.

É importante salientar que, o Cartão BOM Especial é de utilização nos transportes públicos considerados comuns, no caso os ônibus intermunicipais e que atendem algumas cidades da região metropolitana de São Paulo, metrô e trens da CPTM. O benefício não garante a utilização de qualquer outro tipo de transporte com gratuidade.




Confira as principais dúvidas sobre o Cartão e as suas devidas respostas:

O que é Cartão Bom Especial?

cartao bom especial agendamento
Cartão Bom Especial sem Erro – Faça o seu!

O Cartão BOM Especial é um benefício assegurado por lei, a todas as pessoas portadoras de deficiência que possuam a sua capacidade de trabalho comprometida, e também aos portadores de deficiência com idade inferior aos 16 anos.

Com o Cartão BOM Especial o passageiro fica isento do pagamento das tarifas nos deslocamentos nas linhas da Região Metropolitana de São Paulo.

O portador do Cartão BOM Especial ainda pode cadastrar dois acompanhantes, que também serão isentos dos pagamentos das tarifas quando estirem realizando a função. Mas, vale salientar que somente a presença de um acompanhante é permitido por trajeto.

Como solicitar o Cartão Bom Especial?

Para solicitar o Cartão BOM Especial o portador de deficiência deve seguir as seguintes etapas:


    • Possuir um laudo médico emitido por uma Unidade de Saúde credenciada pelo município em que reside;
    • Realizar o agendamento para comparecer as centrais de atendimento (o agendamento pode ser feito via telefone ou por meio da Assistente Social presente a Unidade de Saúde que realizou a emissão do laudo médico);
    • Quando comparecer a unidade de atendimento, no horário e data aguentada, a pessoa portadora de deficiência deve levar o Laudo Médico, Laudo de exames (Raio X, Tomografia ou Ressonância que comprovem a patologia);
    • Relatório Médico recente contendo o CID da patologia;
    • Em caso de renovação deve levar o Cartão BOM Especial antigo;
    • Em caso de extravio deve-se levar uma declaração de extravio, ou em caso de roubo ou furto o Boletim de Ocorrência;
    • Documento de identidade original;
    • Documento de identidade original dos acompanhantes;
    • Certidão de Casamento com ou sem averbação em casos de separação;
    • Comprovante de residência recente e original;
    • Todas as carteiras profissionais caso possua;
    • Histórico recente de benefícios como aposentadoria, LOAS ou outros;
    • Último carnê do INSS caso possua;
    • Os funcionários públicos devem levar o demonstrativo de pagamento recente e guia de afastamento;
    • Menores de 18 anos devem comparecer acompanhados dos responsáveis legais portando seus documentos de identidade originais;

    Ao levar os documentos é importante saber que não existe a necessidade de possuir nenhuma cópia, apenas os documentos solicitados originais e em bom estado. Após a solicitação existe uma análise, e o analista pode solicitar uma série de outros documentos complementares para comprovação de vínculo empregatício.

    Como recarregar o Cartão Bom Especial?

    Por tratar-se de uma isenção de tarifas, ou seja, não existe a necessidade de pagamento, também não há a necessidade de recarregar o Cartão BOM Especial.




    Ainda assim, esse tipo de cartão conta com um prazo de validade e o passageiro deve efetuar a renovação caso deseje continuar a utilizar o benefício. O prazo de validade do Cartão BOM Especial varia de acordo com a patologia, ele pode ser de 06, 12 ou 24 meses.

    renovação do cartão bom especial

    Posso cancelar o Bom Especial?

    Em caso de extravio, roubo ou furto, o passageiro pode cancelar o Cartão BOM Especial. Para isso, basta comparecer ao Centro de Atendimento ao Passageiro Especial (CAPEs), ou entrar em contato através do telefone do Atendimento ao Passageiro Especial.



    Em outras ocasiões não existe a necessidade de cancelamento do Cartão BOM Especial, já que este será anulado automaticamente, ao final do seu prazo de validade, caso não ocorra a solicitação do Cartão BOM Especial segunda via.

    Perdi meu Bom Especial

    Para os casos de extravio, o passageiro deve realizar imediatamente o cancelamento deste através dos telefones de atendimento do CAPEs e então comparecer presencialmente na unidade do Jabaquara para solicitar a 2ª via Cartão BOM Especial.

    Os telefones do CAPEs são os seguintes: (11) 5021-3838, (11) 5021-4224 ou (11) 5021-4343.

    Já o endereço físico do CAPEs é o: Av. Eng. Armando de Arruda Pereira, 2654 – Jabaquara, São Paulo – SP (dentro do terminal de metro Jabaquara).

    O CAPEs funciona de segunda a sexta-feira das 08 às 17h, tanto para atendimento presencial, quanto para contato via telefone.

    Confira o relato de um deficiente portador do Cartão BOM Especial:

    Deixe Aqui Abaixo seu Comentário