Skip to content

A Verdade sobre o Cartão Bom Vale Transporte





O Cartão Bom Vale Transporte faz parte da ida e da volta de muitos trabalhadores ao seu local de trabalho, mas ainda restam muitas dúvidas sobre este benefício.

O Cartão Bom Vale Transporte faz parte de um benefício assegurado pela lei aos trabalhadores com vínculo empregatício, para facilitar a locomoção deste no trajeto de ida e volta da sua residência ao local de trabalho.

O empregador tem como obrigação fornecer alternativas como o Cartão Bom Vale Transporte aos seus colaboradores, posteriormente, o gasto proveniente do pagamento deste direito pode ser deduzido no imposto de renda da empresa, para amortizar qualquer tipo de despesa proveniente do benefício.

O Cartão Bom Vale Transporte é muito utilizado para que funcionários residentes da Região Metropolitana de São Paulo possam ter acesso a capital e também no sentido contrário. Comumente os moradores da cidade de São Paulo que vão trabalhar em outras cidades da grande São Paulo usam esse sistema.




Esta solução foi pensada justamente para atender a demanda de cidades próximas a São Paulo que possuem grande densidade de empresas, e formam os polos industriais, como ocorre na região do ABC e Guarulhos, e até mesmo centros empresariais, como a região de Alphaville em Barueri.

No entanto, ainda existem muitas dúvidas a respeito deste tipo de cartão, principalmente para quem irá começa a fazer o seu uso. Por isso, confira abaixo as respostas para as principais dúvidas dos trabalhadores sobre o Cartão Bom Vale Transporte:

O que é o Cartão BOM Vale Transporte?

consulta de saldo cartão bom vale transporte
A Verdade sobre o Cartão Bom Vale Transporte

Um dos principais benefícios assegurado ao trabalhador, é o direito ao vale transporte, que segundo a Legislação Trabalhista, não pode ser antecipado em notas ou em qualquer outra forma de pagamento, por isso, as empresas utilizam alternativas como o Cartão Bom Vale Transporte.

O Cartão Bom Vale Transporte garante que o trabalhador possa ter acesso aos seguintes meios de transportes públicos:

  • Linhas de ônibus intermunicipais que atendem a Região Metropolitana de São Paulo;
  • Ao corredor de trólebus São Mateus/Jabaquara e também à sua extensão Diadema/Berrini;
  • Linhas de ônibus municipais que atende as cidades de Arujá, Carapicuíba, Cotia, Ferraz de Vasconcelos, Ibiúna, Poá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano, São Roque, Suzano e Taboão da Serra;
  • Acesso as estações da CPTM e do Metrô;
  • Realizando assim o trajeto da sua residência até o local de trabalho, e vise e versa, sem maiores custos ou dificuldades.

Como funciona o Cartão BOM Vale Transporte?

O Cartão Bom Vale Transporte é concedido apenas aos empregadores, que devem solicitar o mesmo e então repassá-lo aos seus colaboradores, para que efetuem viagens de ida e volta que compreendem os trajetos entre o seu local de trabalho e a sua residência.




Como regra para a utilização do Cartão Bom Vale Transporte, afim de garantir que este seja utilizado apenas para o fim destinado, o cartão só poderá ser utilizado 10 vezes por dia, e o tempo para a seu novo uso – no mesmo ônibus, na mesma catraca e na mesma linha –  é de 60 minutos.

Todas essas regras de utilização estão presentes no verso do Cartão Bom Vale Transporte, para facilitar o acesso do trabalhador a todas as informações.

Como cancelar Cartão BOM Vale-transporte?

Em caso de perda Cartão BOM Vale Transporte, extravio, roubo, furto ou até mesmo inoperância, este pode ser cancelado junto as centrais de atendimento do Cartão, via site, telefone ou até mesmo presencialmente, e no mesmo momento é possível solicitar a segunda via do cartão.




Para os casos de roubo, furto ou extravio, o aconselhável é que esse cancelamento seja solicitado o mais rápido possível, já que a empresa não se responsabiliza por créditos que sejam utilizados.

No caso de demissão, rescisão contratual ou qualquer fim do vínculo empregatício, o empregado pode solicitar o cancelamento do Cartão Bom Vale Transporte, para evitar que o seu antigo colaborador faço uso deste.

onde retirar o cartão bom vale transporte

Como solicitar o Cartão BOM Vale Transporte?

A solicitação do Cartão Bom Vale Transporte é feita através das centrais de atendimento do Cartão BOM, seja no site oficial ou por meios dos telefones.

Todos os tramites burocráticos são de responsabilidades do empregador, logo, ele deve realizar essa solicitação junto ao Consórcio Metropolitano de Transportes (CMT), receber o cartão e então repassar este ao seu colaborador.

Caso o trabalhador tenha dúvidas, referentes a como adquirir Cartão BOM Vale Transporte, ele deve consultar o empregador, geralmente por meio do departamento de recursos humanos (RH).

No que diz respeito as taxas do Cartão Bom Vale Transporte, o empregador arca com uma taxa de conveniência no valor de 4%, com valor mínimo de R$ 12,00, em todas as operações, como aquisição de novo cartão e recarga de créditos.

Como recarregar o Cartão BOM Vale Transporte?

A responsabilidade de recarga do Cartão BOM Vale Transporte também ficam sob demanda do empregador, que emite um pedido junto a CMT. Essa solicitação de créditos pode demorar até dois dias uteis para ser atendida, após o prazo, basta o trabalhador carregar Cartão BOM Vale Transporte.



A validação dos créditos pode ser efetuada pelo trabalhador em todos os postos de autoatendimento do Cartão BOM, conhecidos popularmente como abelhinhas, inclusive embarcado.

Neste caso, basta o portador do Cartão Bom Vale Transporte aproximar o item do validador, que fica localizado próximo as catracas dos ônibus, para que a operação ocorra de maneira automática.

Veja como validar as recargas do Cartão Bom Vale Transporte:

Deixe Aqui Abaixo seu Comentário